GOMER

GÔMER - A ESPOSA INFIEL "... Disse, pois, o SENHOR a Oséias: Vai, toma uma mulher de prostituições, e filhos de prostituição..." Em Provérbios, capítulo 31, Deus nos apresenta os atributos que devem ter a esposa ideal. Lá, encontramos o tipo de mulher que todo marido gostaria de ter - virtuosa, sábia, trabalhadora, dócil ... fiel a ele e, principalmente, fiel ao Senhor. Esta é a mulher que eu e você gostaríamos de ser. No livro de Oséias, encontramos um outro tipo de mulher que nenhum marido gostaria de ter - prostituta, mundana, zombeteira ... infiel a ele e também infiel ao Senhor. Esta é a mulher que nem eu e nem você gostaríamos de ser. O seu nome é Gômer, a mulher que o Senhor mandou que o profeta Oséias se casasse. Ele era o homem que dirigia a nação com as profecias do Senhor. Tudo começou quando o Senhor disse a ele: "... Vai, toma uma mulher de prostituições ..." (Oséias 1:2). A Bíblia, claramente, nos mostra qual foi a reação de Oséias a esta tão difícil ordem de Deus. Em Oséias 1:3 a Bíblia nos diz que ele "Foi, pois, e tomou a Gômer, filha de Diblaim ...". Em momento nenhum vemos Oséias dizendo: "Mas Senhor, uma prostituta? Por quê, logo eu? Por que, Senhor?" Esta, certamente, seria a minha ou a sua reação. Casar com uma prostituta? E as doenças? E as traições? E o exemplo para os filhos? E ...? E ...? E ...? Amadas, quando fazemos o que o Senhor nos manda fazer, temos 100% de chance de acertarmos. Mesmo que tenhamos que sofrer, mesmo que não entendamos o porquê daquilo que o Senhor nos manda fazer, uma coisa é certa: O Senhor está nos usando para realizar o Seu perfeito plano. Se observarmos a Bíblia podemos encontrar pessoas que obedeceram ao Senhor apesar das tarefas serem muito difíceis. Dentre tantas podemos citar: ISAÍAS - A ele o Senhor mandou que andasse nu. "Nesse mesmo tempo falou o SENHOR por intermédio de Isaías, filho de Amós, dizendo: Vai, solta o cilício de teus lombos, e descalça os sapatos dos teus pés. E ele assim o fez, indo nu e descalço. Então disse o Senhor; Assim como o meu servo Isaías andou três anos nu e descalço, por sinal e prodígio sobre o Egito e sobre a Etiópia" (Isaías 20:2-3). Você teria coragem de obedecer a esta ordem do Senhor? Ou você não daria ouvidos a ela? Nós vivemos fugindo, nos escondendo (como se isso fosse possível) do Senhor por coisas bem menores. Onde está a nossa fidelidade? Onde está a nossa obediência? Onde está a nossa vontade de agradar ao Senhor? JOÃO O BATISTA - Ele andava vestido com pêlos de camelo e comia gafanhotos e mel silvestre. "E João andava vestido de pêlos de camelo, e com um cinto de couro em redor de seus lombos, e comia gafanhotos e mel silvestre" (Marcos 1:6). OSÉIAS - A ele o Senhor mandou que se casasse com um prostituta. "... Vai toma uma mulher de prostituições ... " (Oséias 1:2). Ah irmã, como gostaria de ter a profundidade do amor que estes profetas tinham pelo Senhor! Como gostaria de ser obediente ao meu Deus como eles foram sem nem mesmo perguntarem o porquê! Como gostaria de ser como foi Débora que não temia a guerra porque sabia que o Senhor estava com ela. Ela repousava nos braços do Senhor e lançava para bem longe os seus medos e temores. Eu quero ser assim ... forte, corajosa e uma serva fiel ao meu Deus. E você, amada irmã, como gostaria de ser? Fujona como foi Jonas? Ou obediente como foram Isaías, João o Batista e Oséias? Quando o Senhor nos manda fazer algo, Ele ... 1- não nos força a fazer aquilo que Ele sabe que somos incapazes de fazer; 2- nos capacita e nos dá força e coragem (A coragem e força nunca chegam de véspera. Ela só aparece, muitas vezes, na hora da necessidade.). Oséias foi obediente ao Senhor e casou-se com Gômer. Ele não apenas casou-se mas chegou a amá-la de todo o seu coração. Ela o traía com vários homens mas, mesmo assim, ele a amava. Ela zombava do seu amor, da sua ternura mas, mesmo assim, ele a amava. Ele tinha a alma perturbada por causa das traições dela mas mesmo assim ele a amava Ele obedeceu ao Senhor e procurou amar aquela que Ele (o Senhor) escolheu para ele (Oséias). Sabemos que amar é uma decisão e, então, ele decidiu amá-la e ser obediente ao Senhor. Quando vejo esta atitude de Oséias, lembro de que algumas de nós, muitas vezes, queremos nos separar daquele que prometemos diante do Senhor amar até que a morte nos separasse. Se você já não ama mais seu marido, faça um esforço e decida voltar a amá-lo, pois é isto que o Senhor quer de mim e de você. Devemos amar aquele que o Senhor colocou no nosso caminho e que nós decidimos aceitar. Do jeito que Oséias agiu com Gõmer, amando-a, assim devo eu e você amarmos nosso marido. Apesar de Gômer ser uma prostituta, ele decidiu amá-la, pois ela foi a esposa que o Senhor lhe deu. Esta decisão, irmã, é uma decisão de obediência e de amor ao Senhor. A vida de Oséias e de Gômer simbolizava o amor de Deus (o amor de Oséias) por Israel (por Gômer) que O traía amando a outros deuses (amando outros homens). A vida dos dois simboliza Deus que era o esposo fiel e Israel que se afastou dEle para adorar outros ídolos. Dois versículos do livro de Oséias me chamaram a atenção: O primeiro encontra-se em Oséias 11:6, onde vemos um atributo que é próprio do nosso Deus - um juiz reto e justo. Por causa da infidelidade de Israel Ele diz: "E cairá a espada sobre as suas cidades, e consumirá os seus ramos, e os devorará." Um pai castiga seu filho a fim de ensiná-lo a andar nos caminhos certos. O Senhor castiga porque nos ama e porque quer que andemos nos Seus caminhos e que O amemos. Era exatamente isto que Ele estava fazendo com Israel, Seu povo. O segundo encontra-se em Oséias 11:8, onde podemos ver um outro atributo do nosso Deus - um Deus que ama e que perdoa. O amor e o perdão de Deus são derramados sempre sobre nossas vidas e sobre a vida do Seu povo. Neste versículo sentimos o quanto o Senhor é terno e amoroso. Ele disse: "Está comovido em Mim o Meu coração, as Minhas compaixões à uma se acende." Como o nosso Deus é terno, amoroso e justo! Nós nunca podemos nem devemos duvidar do Seu amor, pois Ele é um Deus fiel. Ele nos ama e por isso nos castiga quando é preciso e nos perdoa porque "Ele se comove nEle mesmo e Seu coração e compaixão à uma se acende". Gômer e Oséias tiveram três filhos: Jezreel (Deus dispersa), Lo-Ruama (Desfavorecido) e Lo-Ami (Não-Meu-Povo), mas ele não tinha certeza se estes dois últimos eram seus filhos. Mas apesar de tantas traições da sua mulher, ele sempre a recebia de volta e isto porque a amava. O Senhor, então, transformou Lo-Ruama em Ruama (Amado) e Lo-Ami em Ami (Meu Povo). Veja, amada irmã, como são belas as palavras de Oséias quando ele diz à sua esposa: "E desposar-te-ei comigo para sempre; desposar-te-ei comigo em justiça, e em juízo, e em benignidade, e em misericórdia. E desposar-te-ei comigo em fidelidade, e conhecerás ao Senhor. Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e Ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra" (Oséias 2:19-20; 6:3). Quando lemos a história de Gômer, percebemos como, de um certo modo, nos parecemos com ela. Quantas e quantas vezes nos afastamos do Senhor, mesmo sabendo que estamos quebrando a nossa comunhão com o Seu Espírito? Todos os dias faço muitas coisas que não agradam a Ele ... 1- Não leio e não considero a Palavra Santa do Senhor importante para a minha vida. Era assim que Gõmer agia. Ela não considerava o seu esposo o homem mais importante da sua vida.