PREOCUPAÇÃO

 

                                                                                                                             

 

                                                                                   A PARALISIA DA FÉ        

 

Palavras traduzidas por "CUIDADO", "PREOCUPAÇÕES", ou "TEMOR" e "ANSIEDADE" podem revelar tanto atitudes corretas quanto erradas na vida de um cristão.
O sentimento de temor é correto como uma postura de reverência a Deus em virtude de sua santidade; o cuidado é positivo por ser um gestro que demonstra preocupação com os outros.
No entanto, preocupar-se é uma conduta sempre errada, pois paralisa a fé ativa na vida da pessoa. Ao nos preocuparmos, assumimos responsabilidades que não foram dirigidas a nós.

JESUS repetidamente, ensinou: "NÃO SE PREOCUPE" mesmo em relação às coisas básicas da vida ( Mateus 6:25-34 ). A preocupação divide a mente entre pensamentos úteis e fúteis. Preocupar-se não altera absolutamente nada,
serve apenas para desviar o nosso olhar das coisas de Deus e da fidelidade e justiça divinas.
Ao invés disso, desviamos nossa atenção para as coisas da vida, como bens materiais, por exemplo ( Mateus6:31 ). A preocupação sufoca e constitue um sentimento destruidor, que corrói nossa energia e tenta elevar a força
humana acima da força de Deus e dos planos divinos.

Fontes de preocupação incluem mudanças, falta de entendimento e falta de controle de nossa vida. A preocupação abre a porta para as coisas do mundo, que são as preocupações com as coisas da vida. Embora os filhos de Israel tenham visto Deus abrir o mar Vermelho para libertá-los do Egito,
eles não creram que ELE providenciaria água no deserto para suprir as necessidades deles. A preocupação é o oposto da fé, e o ato de preocupar-se sugere que Deus não é digno de confiança para cuidar de nossa vida e suprir nossas necessidades.

A preocupação provoca o medo, que exclui a fé. Portanto no juízo final,
os "COVARDES" estarão ao lado dos "INCRÉDULOS" (Apocalípse 21:8).
Ao associarem preocupação com descrença, as Escrituras providenciam retorno a fé completa. O caminho que vai da preocupação à fé começa com o reconhecimento do pecado e a confissão de falta de fé, continua com a libertação e termina com a segurança de que absolutamente nada pode separar você do amor de Deus, que é
o grande EU SOU .

No lugar de ansiedade, devemos oferecer ações de graça livremente, com o coração restabelecido e confiante em Deus (Salmos 112:7-8).
Se você não tem fé o bastante ; ore e peça a Deus para aumentar sua fé , e ELE te dará fé deliberadamente.
Que Deus o Todo Poderoso, abra nosso entendimento, perdoe nossos pecados e aumente nossa fé e que independentemente de tribulações possamos crer que és o Deus que tudo pode e que além de Ti não há outro Deus.
Que nós venhamos nos esvaziar de nós mesmos e que encha-nos do Teu Espírito, diminua-nos SENHOR e cresça em nós. Precisamos mais de Ti, muito mais de Ti e menos de nós mesmos.

Que Deus nos abençõe a todos !
Um abraço !!!